Qual é o filme da sua vida?


Cinema, assim como as demais formas de arte, mexe com a gente, não é mesmo? Alguns filmes específicos deixam marcas, emocionam, trazem recordações fortes... Arrisco dizer que não é difícil um filme mudar a vida de alguém. Talvez isso seja mais frequente do que a gente possa imaginar.

Títulos e mais títulos, obras formidáveis, diretores geniais, atuações impecáveis, histórias de tirar o fôlego... Isso é uma questão para os meus seguidores do Twitter (@HugoBrain). Convoquei os twitteiros de plantão para uma enquete rápida. Conseguimos listar filmes que são importantes para nada menos que 91 pessoas. Por diversos motivos, em intensidades diferentes.

Qual é o filme da sua vida? A questão, convenhamos, não é simples de ser respondida. Eu, por exemplo, acho mais fácil dizer quais os mil filmes da minha vida. Mas, já que não temos espaço nem tempo para um número tão generoso, vamos ficar com um por pessoa.

Reparem no nível dos meus seguidores. Cara, eu amo essa galera. Ninguém - eu disse: ninguém - optou por porcarias como... (deixa pra lá, não vou nem citar), que infelizmente são confundidas com a sétima arte. Aquelas produções que servem para lotar os cinemas, mas nada acrescentam em termos de conteúdo. Vocês sabem do que eu estou falando.

Mas vamos ao que interessa... A lista é extensa. Repito: 91 pessoas participaram da enquete no Twitter. Todas as respostas são bem interessantes. Fico imaginando o motivo de cada um ter escolhido tal filme. Alguns títulos se repetiram (uns, mais de uma vez). Outros são um tanto 'desconhecidos' do grande público, mas nada que o Google não dê jeito. Fui camarada com os curiosos e coloquei o título original de cada um e o diretor responsável. Isso facilita a vida de quem se interessar e for atrás de algum desses filmes.

A lista está na ordem em que as respostas apareceram na minha timeline. Bom apetite!

@nacimwest - Embriagado de Amor (Punch-Drunk Love), de Paul Thomas Anderson

@brunojsp - Vanilla Sky, de Cameron Crowe

@sereLipe - Les chansons d'amour, de Christophe Honoré

@viniciuscezar - Rent, de Chris Columbus

@RodLaurentino - Blow-Up, de Michelangelo Antonioni

@yasminecolucci - A Bela do Palco (Stage Beauty), de Richard Eyre

@Jodu - Tudo Para Ficar Com Ele (The Sweetest Thing), de Roger Kumble

@raons - O Homem da Câmera (Chelovek s kino-apparatom), de Dziga Vertov

@SylviaSaccon - Reflexos da Inocência (Flashbacks of a Fool), de Baillie Walsh

@DanielladeLavor - As Pontes de Madison (The Bridges of Madison County), de Clint Eastwood


@NaianaCarvalho - Tempo de Despertar (Awakenings), de Penny Marshall

@jennyarctic - Donnie Darko, de Richard Kelly

@emerzoom - O Conde de Monte Cristo, de Kevin Reynolds

@matheusfchagas - Sangue Negro (There Will Be Blood), de Paul Thomas Anderson

@francocelo - Conta Comigo (Stand by Me), de Rob Reiner

@Nessasc - Orgulho & Preconceito (Pride & Prejudice), de Joe Wright

@Kelkunz - Diário de uma Paixão (The Notebook), de Nick Cassavetes

@prefixopolli - Clube da Luta (Fight Club), de David Fincher

@paixaoandreia - Ghost - Do Outro Lado da Vida, de Jerry Zucker

@jukiddo - Pulp Fiction - Tempo de Violência, de Quentin Tarantino


@tenerry - Dogville, de Lars Von Trier

@lexmorais - Brilho Eterno De Uma Mente Sem Lembranças, de Michel Gondry

@arianebrignol - O Senhor dos Anéis (The Lord of the Rings: Trilogy), de Peter Jackson

@felipekiller - Encontros e Desencontros (Lost in Translation), de Sofia Coppola

@glhrm - Sociedade dos Poetas Mortos (Dead Poets Society), de Peter Weir

@RamonRDuarte - Taste of Cherry (Ta'm e guilass), de Abbas Kiarostami

@Tateando - Asas do Desejo (Der Himmel über Berlin), de Wim Wenders

@juupetit - O Diário de Bridget Jones, de Sharon Maguire

@leomartinsds - Clube da Luta (Fight Club), de David Fincher

@cassiomoret - Laranja Mecânica (A Clockwork Orange), de Stanley Kubrick


@rodss_rodrigues - Na natureza selvagem (Into the Wild), de Sean Penn

@KaueCaco - Anjo de Vidro (Noel), de Chazz Palminteri

@criscontreiras - Uma Rua Chamada Pecado (A Streetcar Named Desire), de Elia Kazan

@RenaRy - Dirty Dancing - Ritmo Quente, de Emile Ardolino

@DoTioDo - Dogville, de Lars Von Trier

@nathaliapandelo - Brilho Eterno De Uma Mente Sem Lembranças, de Michel Gondry

@brenocs - Buffalo '66, de Vincent Gallo

@chiconob - Tudo Sobre Minha Mãe (Todo Sobre Mi Madre), de Pedro Almodóvar

@LuCristinaa - Orgulho & Preconceito (Pride & Prejudice), de Joe Wright

@zecarlosjr - Cinema Paradiso (Nuovo Cinema Paradiso), de Giuseppe Tornatore


@leeopinto - O Piano (The Piano), de Jane Campion

@paulomgr - Scarface, de Brian De Palma

@Kareninn - Dançando no Escuro (Dancer in the Dark), de Lars Von Trier

@_nogr - Beleza Americana (American Beauty), de Sam Mendes

@empolaroid - Brilho Eterno De Uma Mente Sem Lembranças, de Michel Gondry

@fepo - Túmulo Dos Vagalumes (Hotaru No Haka), de Isao Takahata

@fernandavpaiva - Alice no País das Maravilhas, de Clyde Geronimi, Wilfred Jackson e Hamilton Luske

@hiagosoares - O Violinista que Veio do Mar (Ladies in Lavender), de Charles Dance

@vieira_netto - A Origem (Inception), de Christopher Nolan

@romulobezerra_ - O Poderoso Chefão/Trilogia (The Godfather), de Francis Ford Coppola


@danielthome - Cidade dos Anjos, de Brad Silberling

@Geolins - A Cor Púrpura (The Color Purple), de Steven Spielberg

@nananananaa - O Poderoso Chefão (The Godfather), de Francis Ford Coppola

@marchimelou - Os Garotos da Minha Vida (Riding Cars With Boys), de Penny Marshall

@eduardoyukio - Trainspotting, de Danny Boyle

@Thalesgalai - V de Vingança (V for Vendetta), de James McTeigue

@dennyjvl - Na Natureza Selvagem (Into the Wild), de Sean Penn

@Dio_leme - Antes Que Termine o Dia (If Only), de Gil Junger

@erickytto - Um Amor Verdadeiro (One True Thing), de Carl Franklin

@deapaulino - O Homem Elefante (The Elephant Man), de David Lynch


@CacoOlli - Titanic, de James Cameron

@sirmatth - As Horas (The Hours), de Stephen Daldry

@renaaato - Moulin Rouge - Amor em Vermelho, de Baz Luhrmann

@vmandeli - Era Uma Vez na América (Once Upon a Time in America), de Sergio Leone

@ruedman - Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos (Mujeres al borde de un ataque de nervios), de Pedro Almodóvar

@monickymel - Meu Amigo Panda (The Amazing Panda Adventure), de Christopher Cain

@cacoportela - Curtindo a Vida Adoidado (Ferris Bueller's Day Off), de John Hughes

@eduardoapm - Quase Famosos (Almost Famous), de Cameron Crowe

@danilotca - A Corrente do Bem (Pay It Forward), de Mimi Leder

@iduardo - Closer - Perto Demais, de Mike Nichols


@taisnader - Vidas em Jogo (The Game), de David Fincher

@meurockacabou - Ghost World - Aprendendo a Viver, de Terry Zwigoff

@gabi_borghi - Encontros e Desencontros (Lost in Translation), de Sofia Coppola

@El_Veiga - Fonte da Vida (The Fountain), de Darren Aronofsky

@tangerinetamara - Brilho Eterno De Uma Mente Sem Lembranças, de Michel Gondry

@koenenkamp - Blade Runner - O Caçador de Andróides, de Ridley Scott

@taticeando - Asas do Desejo (Der Himmel über Berlin), de Wim Wenders

@jordao_vilela - O Poderoso Chefão (The Godfather), de Francis Ford Coppola

@andreskores - Closer - Perto Demais, de Mike Nichols

@alerib - Persona, de Ingmar Bergman


@doltcrow - As Horas (The Hours), de Stephen Daldry

@thiagooc - Quase Famosos (Almost Famous), de Cameron Crowe

@marciomonteiro - Beleza Americana (American Beauty), de Sam Mendes

@gangrenadiario - Clube da Luta (Fight Club), de David Fincher

@Leosampaiopida - Lendas da Paixão (Legends of the Fall), de Edward Zwick

@Pedro_Evan - Conta Comigo (Stand by Me), de Rob Reiner


@hailtonjunior - A Cor do Paraíso (Rang-e khoda), de Majid Majidi

@ErikGaldino - Bubble (Ha-Buah), de Eytan Fox

@ulissesmattes - O Exorcista (The Exorcist), de William Friedkin

@patrickmoraes - Closer - Perto Demais, de Mike Nichols

@GaribaldoBand - Clube da Luta (Fight Club), de David Fincher

Viu só? Não sei você, mas eu me emocionei com tanto filme bacana. Vários desses aí são os filmes da minha vida. Como o coração fica? Abalado, né?

Sim, mas eu também preciso responder... Nossa, muito difícil. Eu pensei em alguns dos que já foram citados, como Brilho Eterno (Charlie Kaufman me entende, sabe?). Mas, já que ninguém lembrou da pequena obra prima de Liev Schreiber, lembro eu: Uma Vida Iluminada (Everything Is Illuminated). Um filme que, para mim, diz muito.


Nem sei como agradecer a participação dos twitteiros. O post ficou supimpa, não ficou? Enfim... Muitíssimo obrigado a quem compartilhou um detalhe tão, digamos, íntimo. Foi ótimo saber dos filmes que marcaram a vida de vocês. E que novas obras apareçam para mudar nosso jeito de pensar, de ver o cinema.

E se você não estava no  Twitter durante a enquete, não se desespere. Para isso existe o espaço de comentários, logo aí. Conte para o Embrulhador qual é o filme da sua vida. E, claro, não deixe de falar da vida alheia... Comente a nossa lista!

Deixa eu ir, tenho uma lista de filmes para rever. Até a próxima....
Veja mais: × × ×