Eu nunca tinha visto uma lagosta azul...

Até ver isso:


A pigmentação azul, extremamente rara, é resultado de uma desordem genética. Quem encontrou essa lagosta aí foi um pescador francês chamado Blair Doucette. Em 35 anos de trabalho no mar, ele já encontrou lagostas de várias cores consideradas comuns, como vermelhas e laranjas. Esta foi a primeira totalmente blue!


Vi a reportagem aqui.