Três milhões e duzentos mil pontos

Para chegar a esse retrato:


O artista plástico Miguel Endara resolveu reproduzir a imagem de seu pai de uma forma bastante inusitada: pontilhando para formar um desenho. Algo assustadoramente trabalhoso:





Vi aqui.