Línox - 'Me Gustan Las Posibilidades'


O terceiro disco do músico carioca Línox é um a grata surpresa. Muito bem produzido e com um conceito redondo, 'Me Gustan Las Posibilidades' foi lançado em 2011 e conta com onze boas faixas. O clima é intimista e convidativo, meio circo/cabaret, com pontos altos em 'Crendice' e 'Palavras, Chave'. Um trabalho que evidencia a poesia e o talento acima da média de Línox. Não deixe de ouvir:



Enquanto você curte o disco, que tal conferir o faixa-a-faixa comentado pelo próprio Línox?

Crendice - “Foi a última canção que compus, queria uma letra em português com o potencial de abrir o disco.. Até então, a primeira faixa ia ser ‘Possibilities’. ‘Pode ser, sim, quase tudo pode ser, já vi de tudo acontecer, o que não vi, eu sei que pode ser’”.

Possibilities – “Minha primeira música em inglês, pensava em Caetano e em Tom Waits”

Até aqui – “Uma canção antiga, simples, que sempre gostei e resolvi registrá-la aqui. A letra trata do percurso de uma relação. ‘Essa estrada, a gente é que constrói, e nesta estrada a gente se constrói’”.

Palavras, chaves – “Um resgate da comunicação, numa relação abalada com o tempo. Uma sonoridade vigorosa em contraste com uma letra delicada”.

Asas da palavra – “Uma parceria minha com o acaso. Era uma faixa instrumental que eu já tinha pronta. Apresentei pros músicos, peguei meu livro de poemas e comecei a falar aleatoriamente frases de páginas distintas. De alguma forma as frases entraram em harmonia”.

Basta – ‘Um tango estilizado, com bateria de boca, guitarra e acordeom: ‘Se é vontade de Deus / então que fique assim / você se basta com os seus / e eu que cuide de mim’”.

Jogo da Sorte – “Um rock antigo, meio Elvis...”

Surpresa – “Fiz pra minha família, a correnteza da vida. Quando Bento, meu filho, era pequeninho eu falava pra ele, ‘Filho, quando a gente sorri pra vida, a vida sorri pra gente’. Os anos se passaram, nunca mais falamos nisto, e um belo dia quando fui abrir a janela num dia de sol, ele lembrou da frase”.

Além da paisagem – “Esta canção fiz em Salvador, eu estava sozinho num hotel, um hotel ruim, num quarto ruim, chovia. Assitia um programa de cultura na TV e lá estava uma poeta linda, muito jovem, falando sobre o medo. Ela dizia que a matéria do medo seria a porta. Coloquei a TV no mute e comecei a fazer a música. O medo sempre foi uma questão que tive que aprender a lidar”.

Beleza bruta – “Um desenho de um caso de amor”.

Gavetas – “Lembranças do passado, uma parceria com Alexandre Castilho”.

Dê uma passadinha no Facebook e curta a página oficial do artista. Mais informações sobre o disco 'Me Gustan Las Posibilidades' podem ser encontradas aqui